Case para ser parceira não empregada

Você está lá conversando com aquela sua amiga recém casada e ela larga a pérola: ELE ATÉ QUE ME AJUDA! (faceira como se isso fosse um milagre na natureza).

haushalt-familienarbeit

O termo ajudar não é errado, com tanto que ele te ajude tanto quanto você ajuda ele, ai sim você pode usar o termo livremente.

Por que a não ser que você tenha nascido no século passado (que mesmo assim não acho certo), onde as mulheres nasciam simplesmente para procriar, cuidar do marido e da casa, você não precisa receber AJUDA de ninguém, você precisa ter alguém ativo ao seu lado, um parceiro e não um filho extra marmanjo que a mãe resolveu esquecer que era mulher e criar ele como um inútil.

Se é para limpar a casa, os dois devem limpar a casa, como vocês vão fazer a divisão depende de cada um, com tanto que o trabalho seja igual para os dois. Isso vale para a louça, para as refeições, para a roupa e para um milhão de outras “atividades” que você tem para fazer em uma casa. Tudo deve ser dividido de forma igual.

1269708529622_f

“Fia” se você acha certo trabalhar o mesmo período de tempo, chegarem em casa juntos e o bonito na hora do almoço ir assistir tv e descansar em quanto você cozinha e lava louça, só digo uma coisa: ACORDA PARA A VIDA!!!!! Você é uma empregada doméstica (sem remuneração) e não uma parceira que ele escolheu.

O problema de hoje é que muitas mulheres ficam cegas para ter filhos, encontram o primeiro que aparece na frente e preferem fazer de conta que não veem que o maridinho que é “na dele” que não te ajuda em nada, ELE NÃO VAI TE AJUDAR DEPOIS QUE VOCÊ TIVER O TÃO SONHADO FILHO.

Você não é obrigada a nada, não é obrigada a lavar a louça, lavar e passar a roupa, cozinhar, limpar a casa, cuidar dos filhos e do “marido” e trabalhar enquanto o que ele faz é trabalhar chegar em casa e descansar ou sair com os amigos. Ainda não percebeu o quanto isso está errado?

Ah você faz tudo isso porque gosta de agradar o marido porque te ensinaram assim? Então não ouse abrir a boca para reclamar para ninguém, porque você é a culpada disso, culpada por escolher criar um marmanjo ao invés de ser a parceira dele.

Vocês tem que trabalhar de forma igual, descansar de forma igual, se um dos dois ta ficando mais tempo sentado que o outro já é indício que de tem algo muito errado.

ABAAAgVvMAH-7

Não estou falando que você não pode agradar seu parceiro, mas veja se esta sendo recíproco o negócio, você pode ser a única a cozinhar se ele for terrível na cozinha, só lembre de deixar toda a bagunça para ele arrumar, entendeu?

Vamos acordar para a vida, você não nasceu exclusivamente para ter filhos e cuidar do marido, você é muito mais forte, muito mais inteligente que isso. NÃO SEJA SUBMISSA A NENHUM HOMEM, principalmente se o homem que você escolheu não te valoriza. Chegue e largue a real, fale EU SOU MULHER, SOU SUA PARCEIRA E NÃO SOU SUA EMPREGADA. Se ele não gostar, pode doer, mas parta para outra, alguém que te valorize!!

images


, ,